Author

Samira Germano

Browsing

Para ter o passe livre 2020 o aluno deve, antes de mais nada, solicitar o Bilhete Único Estudantil. Esse bilhete é o cartão onde será carregado todas as passagens que o estudante possa vir a ter. No mesmo cartão é possível recarregar créditos de passe livre ou meia passagem, passe comum e ainda, vale transporte.

Além disso o bilhete único estudantil de São Paulo é também o Documento Nacional do Estudante. Um documento original das entidades estudantis nacionais UNE, UBES e ANPG e que possui ainda, abrangência nacional.

Passo a passo para seu Bilhete Único Escolar

  • Faça seu cadastro no site Bilhete Único Estudante
  • Informe à sua Unidade de Ensino que deseja utilizar o Bilhete Único de Estudante no ano vigente;
  • Aguarde o envio dos seus dados de matrícula à SPTrans pela Unidade de Ensino;
  • Depois da Unidade de Ensino enviar seus dados você poderá efetuar o pagamento do bilhete único.
  • Após seu pagamento ser aprovado basta fazer o upload dos documentos solicitados: RG, CNH, Passaporte ou RNE e ainda 1 foto recente de rosto
  • Agora é só aguardar o seu bilhete único chegar no conforto do seu lar!

Requisitos gerais para aquisição Bilhete Único Estudante

Para pedir a emissão do Bilhete Estudante é preciso cumprir algumas condições. Entre elas, ter o bilhete emitido a partir de 2014; também possuir matrícula ativa no sistema da SPTrans. Também morar distante mais de 1 quilômetro da instituição de ensino, haver ligação de transporte coletivo urbano (Ônibus, Metrô, CPTM) no percurso entre a residência e a instituição de ensino do aluno. 

O aluno não pode ser beneficiário de gratuidade no sistema de transporte coletivo em outras categorias (por exemplo, deficiente, idoso, TEG, Vai-e-Volta entre outros). Para ter direito ao benefício para o Sistema Ônibus é ainda necessário estar matriculado em um curso localizado dentro dos limites do município de São Paulo.

Algumas outras postagens que podem ser muito úteis para você!

Quem pode solicitar o Passe Livre

  • alunos de ensino fundamental, ensino médio, ensino técnico e profissionalizante.
  • pertencer a uma instituição de ensino da rede pública municipal, estadual ou federal. 

Já estudantes de ensino superior (mestrado, doutorado, especialização) e tecnológicos podem ser contemplados com a gratuidade se apresentarem um autodeclaração de “Baixa Renda”. 

O estudante deve ter e comprovar que sua família possui renda per capta inferior a 1,5 salário mínimo. Além disso, o aluno deve possuir o número do CadÚnico e, como já explicado anteriormente, ter presença no cadastro enviado pela instituição de ensino.

Formulário para o Passe Livre e cotas no transporte

O formulário para solicitar o passe livre deve ser preenchido diretamente no site da SPTrans

A quantidade mensal de cotas a que você tem direito é calculada baseada na estrutura do seu curso. Estudantes matriculados em cursos que possuem estrutura diferente daquela adotada pelos cursos regulares (anual ou semestral), como é o caso de alguns cursos técnicos e profissionalizantes; cursos realizados à distância, aqueles com freqüência flexível, cursos de pós-graduação, mestrado, doutorado, entre outros, podem ter a cota fracionada em virtude dessa estrutura, ou por diversos outros fatores.

Tire absolutamente todas as suas dúvidas lendo o artigo: Passe Livre – tenha o seu benefício!

O bilhete escolar é um direito do estudante de São Paulo e da região metropolitana atendida pela SPTrans. Ele assegura que o aluno terá o direito à meia passagem, e, caso necessário, à gratuidade.

O bilhete escolar nada mais é que um cartão onde são depositadas as passagens de ônibus e trilho (Metrô e CPTM). Com este cartão o estudante pode também usar passagens do tipo Comum e Vale Transporte.

Quem pode solicitar o bilhete escolar?

Você pode solicitar o seu através do site oficial Bilhete Único desde que esteja enquadrado para receber o benefício. Você pode solicitar o bilhete único se e aluno de:

  •  ensino fundamental, médio, técnico e profissionalizante, ensino superior e tecnológico. Sendo estes da rede pública municipal, estadual, federal ou na rede privada de ensino

Como solicitar seu Bilhete Único Escolar

  • Antes de tudo entre em contato com sua instituição de ensino e informe que você quer usar os seus benefícios de estudante através do Bilhete Único Estudante da SPTrans 
  • A instituição irá enviar os seus dados para a SPTrans (dados como; nome completo, endereço de residência, telefone, curso, entre outros)
  • Você pode ir conferindo com a sua instituição se os dados já foram enviados. Muito provavelmente essa informação poderá ser conferida junto a secretaria ou no portal online da sua instituição.
  • Após seus dados estarem com a SPTrans, acesse sptrans.documentodoestudante.com.br
  • No site clique em ‘Solicite Agora’
  • Caso seja sua primeira vez emitindo o Bilhete Único Estudante pelo site do DNE clique em “Cadastrar”
  • Ou em “Já sou cadastrado” caso você já tenha feito o cadastro e esteja querendo acompanhar o andamento da sua solicitação.
  • Ai é só preencher com seus dados o formulário de cadastro; ou seja, informar: nome, e-mail, celular, CPF e RG.
  • Já com essas informações o site vai verificar se a sua instituição de ensino já enviou os dados para a SPTrans.
  • Em caso de sucesso  suas informações aparecerão na tela para você conferir se estão corretas e prosseguir – se tiver alguma coisa errada você pode alterar nesse momento.
  • Tudo certo? Então escolha a forma de pagamento do seu bilhete único. Se você escolher pagar por cartão de crédito a aprovação do pagamento será imediata. Já se você preferir pagar por boleto ele pode demorar até 5 dias úteis para ser compensado;
  • Após isso informe o endereço onde você quer receber o seu bilhete
  • Depois faça o carregamento de uma foto – de frente em um fundo branco – pode ser uma selfie bem estilosa? Pode, desde que não tenha boné, cabelo ou óculos de sol cobrindo o rosto.
  • Também faça o carregamento de uma foto do seu documento de identificação – caso seja RG precisaremos de uma foto da frente e do verso; já se você usar passaporte ou CNH basta enviar foto da frente.
  • O próximo passo é de verificação da sua conta. Iremos te enviar por SMS ou por e-mail – você que escolhe! Seja por e-mail e seja por SMS te enviaremos um código de  4 dígitos para que você digite no site.
  • Agora é só aguardar a confirmação dos seus dados. Qualquer alteração você receberá um e-mail informando sobre cada etapa da sua solicitação.
  • Caso tenha algum erro em seus dados aparecerá “Conferência Reprovada” e mais informações sobre o erro para que você possa corrigir.
  • Nenhum erro identificado? Então aparecerá “Em Produção”, em seguida, “Em Transporte” onde você poderá acompanhar o rastreio da transportadora. Por fim aparecerá “Entregue”
  • Quando você receber em casa ainda precisará desbloquear o seu Bilhete Único Estudante. Mas é muito fácil, acesse sua conta no site e clique em “Desbloquear Documento”.
  • Para desbloquear basta informar o código de uso presente no seu documento – aquele código que fica em baixo no cartão e ao lado do QR code.
  • Atenção: ao desbloquear o seu Bilhete Único do Estudante, todos os seus bilhetes anteriores serão cancelados e qualquer saldo que havia em outro cartão será automaticamente transferido para o novo bilhete em até 24h. Após isso basta encostar seu bilhete em um terminal de recarga para restituição do seu saldo

Passe Livre como funciona?

O passe livre é um benefício concedido ao estudante de complexidade socioeconômica. Isso porque ele permite que o aluno tenha condições de frequentar a escola e suas atividades diariamente. Entretanto para ter direito ao benefício é necessário se encaixar em algumas condições.

A primeira condição para ter o passe livre estudantil é o aluno estudar em alguma instituição de ensino da rede pública municipal, estadual ou federal. 

E sendo eles dos níveis educacionais: 

  • ensino fundamental, ensino médio, ensino técnico e profissionalizante.

Estes alunos têm o direito automático ao passe livre. Isso acontece assim que a instituição de ensino manda o dados dele para que o bilhete único possa ser emitido.

Algumas outras postagens que podem ser muito úteis para você!

Já estudantes de ensino superior e tecnológicos podem ser contemplados pelo benefício mediante uma autodeclaração de “Baixa Renda”, possuindo dessa forma, renda per capita inferior a 1,5 salário mínimo. Também devem possuir o número do CadÚnico e presença no cadastro enviado pela instituição de ensino. Caso não se encaixem nessa exigências o aluno recebe meia passagem.

Tire absolutamente todas as suas dúvidas lendo o artigo: Passe Livre – tenha o seu benefício!

Os estudantes elegíveis ao passe livre estudantil devem, antes de mais nada solicitar a emissão do Bilhete Único Estudantil. Essa e mais informações te daremos nesta matéria!

O benefício da gratuidade pode ser concedido aos seguintes estudantes:

  • Aqueles de instituições de ensino pública: estudantes de ensino fundamental, médio, técnico e profissionalizantes têm direito automático pela simples presença no cadastro enviado pela instituição de ensino; 
  • Já estudantes de ensino superior e tecnológicos têm direito ao passe livre estudantil mediante autodeclaração de “Baixa Renda” com renda per capita inferior a 1,5 salário mínimo nacional, número do CadÚnico, e da presença no cadastro enviado pela instituição de ensino.

 

  • Aqueles de instituições de ensino privadas: estudantes de curso superior participantes dos Programas Governamentais: PROUNI, FIES, Escola da Família e Cotas Sociais têm direito automático presença no cadastro enviado pela instituição de ensino contendo a informação de que estão enquadrados nos programas de bolsa financiamento previstos; 
  • estudantes de curso superior (não participantes de Programas Governamentais), técnico e tecnólogo podem ter o passe livre estudantil mediante autodeclaração de “Baixa Renda” com renda per capita inferior a 1,5 salário mínimo nacional, número do CadÚnico, e da presença no cadastro enviado pela instituição de ensino. 
  • Estudantes do PROJOVEM URBANO, ministrado em instituições de ensino da rede pública municipal têm direito à gratuidade automática. 

Requisitos para usar o Passe Livre Estudantil

A fim de poder usar o passe livre alguns você deve estar atendo a alguns requisitos gerais:

  • possuir o Bilhete Único Estudantil emitido a partir de 2014, 
  • possuir matrícula ativa no sistema da SPTrans, 
  • morar distante mais de 1 quilômetro da instituição de ensino, 
  • haver ligação de transporte coletivo urbano (Ônibus, Metrô, CPTM). No percurso entre a residência e a instituição de ensino do aluno, 
  • não ser beneficiário de gratuidade no sistema de transporte coletivo em outras categorias (por exemplo, deficiente, idoso, TEG, Vai-e-Volta entre outros). 

Para ter direito ao benefício para o Sistema Ônibus; é ainda necessário estar matriculado em um curso localizado dentro dos limites do município de São Paulo

Algumas outras postagens que podem ser muito úteis para você!

Como solicitar o Bilhete Único Estudante para ter Passe Escolar

  • cadastre-se no site Bilhete Único Estudante
  • informe à sua Unidade de Ensino que deseja utilizar o Bilhete Único de Estudante no ano vigente;
  • aguarde o envio dos seus dados de matrícula à SPTrans pela Unidade de Ensino;
  • depois da Unidade de Ensino enviar seus dados você poderá efetuar o pagamento do bilhete único.
  • Após seu pagamento ser aprovado basta fazer o upload dos documentos solicitados: RG, CNH, Passaporte ou RNE e ainda 1 foto recente de rosto (pode ser uma selfie bem estilosa? Pode, desde que não tenha boné, cabelo ou óculos de sol cobrindo o rosto).
  • Agora é só aguardar o seu bilhete único chegar no conforto do seu lar!

Quem tem direito a passe livre em ônibus

Além dos estudantes, também tem direito ao passe livre nos ônibus idosos com 60 anos ou mais. Para isso podem ou solicitar um Bilhete Único Especial Idoso – enviando cópia do RG ou CNH, CPF, comprovante de residência atual, foto 3X4 recente e algum número de telefone para contato. Ou ele pode simplesmente apresentar um documento com foto quando for desembarcar – porém nesse caso, o idoso não poderá passar pela catraca. Também podem ter passe livre crianças, gestantes e pessoas com deficiência. Saiba mais sobre o documento exigido para cada beneficiado e quem mais tem direito ao passe livre!

Tire absolutamente todas as suas dúvidas lendo o artigo: Passe Livre – tenha o seu benefício!

O passe escolar, também conhecido como “passe livre” ou “gratuidade” é essencial para os jovens poderem frequentar as aulas e atividades educativas. Porém antes de mais nada é necessário adquirir o Bilhete Único, ou seja o cartão onde as cotas de passe livre serão depositadas. O bilhete  se constitui em um cartão eletrónico e recarregável para ser usado nas catracas de ônibus e trilhos. Sendo assim, para ter o passe livre, o primeiro passo é ter um bilhete único estudantil. 

Você pode solicitar o seu através do site oficial Bilhete Único desde que esteja enquadrado para receber o benefício. Em outras palavras, pode solicitar o bilhete único alunos:

  •  ensino fundamental, médio, técnico e profissionalizante, ensino superior e tecnológico. Sendo estes da rede pública municipal, estadual, federal ou na rede privada de ensino

Estudantes de ensino superior e tecnológicos podem ser contemplados pelo benefício do passe livre mediante uma autodeclaração de “Baixa Renda”, possuindo dessa forma, renda per capita inferior a 1,5 salário mínimo. Também devem possuir o número do CadÚnico e presença no cadastro enviado pela instituição de ensino.

Como estudantes de Baixa renda podem se cadastrar no CadÚnico

Para se enquadrar no pré requisito de baixa renda, a renda per capita da casa do aluno deve ser inferior a 1,5 salário mínimo nacional. Sendo assim é necessário a obtenção do número do Cadúnico (Cadastro Único para Programas Sociais do Governo Federal). 

Ele é fornecido pela Secretaria Municipal de Assistência e Desenvolvimento Social no município de São Paulo. Ou ainda outro órgão competente na Região Metropolitana de São Paulo. No município de São Paulo, o cadastramento deve ser feito no CRAS (Centro de Referência de Assistência Social)

Após ter feito seu cadastro e adquirido o número de Cadúnico, você deve acessar seu cadastro do Bilhete Único, e, no menu ao lado esquerdo da tela, clicar na opção “Estudante” e logo em seguida “Declaração de Baixa Renda” e informar o número de seu Cadúnico. Após isso, no prazo de 24 horas você saberá se tem direito à gratuidade.

Caso você atenda aos demais requisitos mas ainda não se cadastrou para obter o número do Cadúnico, você pode preencher uma “Declaração de Baixa Renda” que provisoriamente vai liberar o benefício da gratuidade. Para mantê-lo é necessário obter o número do Cadúnico, caso contrário, a SPTrans suspenderá a concessão do benefício até que a situação seja regularizada.

Algumas outras postagens que podem ser muito úteis para você!

Como solicitar seu Bilhete Único Estudante para ter o Passe Escolar

  • Antes de tudo entre em contato com sua instituiço de ensino e informe que você quer usar os seus benefícios de estudante através do Bilhete Único Estudante da SPTrans 
  • A instituição irá enviar os seus dados para a SPTrans (dados como; nome completo, endereço de residência, telefone, curso, entre outros)
  • Você pode ir conferindo com a sua instituição se os dados já foram enviados. Muito provavelmente essa informação poderá ser conferida junto a secretaria ou no portal online da sua instituição.
  • Após seus dados estarem com a SPTrans, acesse sptrans.documentodoestudante.com.br
  • No site clique em ‘Solicite Agora’
  • Caso seja sua primeira vez emitindo o Bilhete Único Estudante pelo site do DNE clique em “Cadastrar”
  • Ou em “Já sou cadastrado” caso você já tenha feito o cadastro e esteja querendo acompanhar o andamento da sua solicitação.
  • Ai é só preencher com seus dados o formulário de cadastro; ou seja, informar: nome, e-mail, celular, CPF e RG.
  • Já com essas informações o site vai verificar se a sua instituição de ensino já enviou os dados para a SPTrans.
  • Em caso de sucesso  suas informações aparecerão na tela para você conferir se estão corretas e prosseguir – se tiver alguma coisa errada você pode alterar nesse momento.
  • Tudo certo? Então escolha a forma de pagamento do seu bilhete único. Se você escolher pagar por cartão de crédito a aprovação do pagamento será imediata. Já se você preferir pagar por boleto ele pode demorar até 5 dias úteis para ser compensado;
  • Após isso informe o endereço onde você quer receber o seu bilhete
  • Depois faça o carregamento de uma foto – de frente em um fundo branco – pode ser uma selfie bem estilosa? Pode, desde que não tenha boné, cabelo ou óculos de sol cobrindo o rosto.
  • Também faça o carregamento de uma foto do seu documento de identificação – caso seja RG precisaremos de uma foto da frente e do verso; já se você usar passaporte ou CNH basta enviar foto da frente.
  • O próximo passo é de verificação da sua conta. Iremos te enviar por SMS ou por e-mail – você que escolhe! Seja por e-mail e seja por SMS te enviaremos um código de  4 dígitos para que você digite no site.
  • Agora é só aguardar a confirmação dos seus dados. Qualquer alteração você receberá um e-mail informando sobre cada etapa da sua solicitação.
  • Caso tenha algum erro em seus dados aparecerá “Conferência Reprovada” e mais informações sobre o erro para que você possa corrigir.
  • Nenhum erro identificado? Então aparecerá “Em Produção”, em seguida, “Em Transporte” onde você poderá acompanhar o rastreio da transportadora. Por fim aparecerá “Entregue”
  • Quando você receber em casa ainda precisará desbloquear o seu Bilhete Único Estudante. Mas é muito fácil, acesse sua conta no site e clique em “Desbloquear Documento”.
  • Para desbloquear basta informar o código de uso presente no seu documento – aquele código que fica em baixo no cartão e ao lado do QR code.
  • Atenção: ao desbloquear o seu Bilhete Único do Estudante, todos os seus bilhetes anteriores serão cancelados e qualquer saldo que havia em outro cartão será automaticamente transferido para o novo bilhete em até 24h. Após isso basta encostar seu bilhete em um terminal de recarga para restituição do seu saldo.

Tire absolutamente todas as suas dúvidas lendo o artigo: Passe Livre – tenha o seu benefício!

O passe livre é um benefício essencial para o estudante paulistano! Isso porque ele permite que o aluno tenha condições de frequentar a escola e suas atividades diariamente. Porém há alguns requisitos que o estudante deve cumprir, vamos te explicar certinho quais são eles e como tudo funciona!

A primeira condição para ter o passe livre estudantil é o aluno estudar em alguma instituição de ensino da rede pública municipal, estadual ou federal. 

E sendo eles dos níveis educacionais: 

  • ensino fundamental, ensino médio, ensino técnico e profissionalizante.

Assim, estes alunos têm o direito automático ao passe livre assim que a instituição de ensino a que ele pertence, manda o dados dele para que o bilhete único possa ser emitido. 

Esse passo é importante pois além de o estudante comprar sua matrícula na instituição, a própria instituição deve enviar à empresa de transportes um arquivo com dados do aluno, como endereço, matrícula e documentos para atestar com certeza que esse indivíduo é estudante.

Estudantes de ensino superior e passe livre

Você deve estar se perguntando como ficam os estudantes de ensino superior e tecnológicos. Eles são contemplados pelo benefício mediante uma autodeclaração de “Baixa Renda”, possuindo dessa forma, renda per capta inferior a 1,5 salário mínimo. Também devem possuir o número do CadÚnico e presença no cadastro enviado pela instituição de ensino.

Mas se você atende aos requisitos mas ainda não se cadastrou para obter o número do CadÚnico não se apavore! Você pode preencher sua “Declaração de Baixa Renda”. Seu benefício será liberado por prazo determinado, mas saiba que para mantê-lo é necessário obter o número do CadÚnico. Caso contrário, a SPTrans suspenderá a concessão do benefício até que a situação seja regularizada. 

Estudantes que participam dos Programas Governamentais PROUNI, FIES, Escola da Família e Cotas Sociais. Possuem direito automático ao passe livre pois estão inseridos em um programa de bolsa financiamento. Estudantes do Projovem Urbano, ministrado em instituições de ensino da rede pública municipal também estão incluídos para receber o benefício.

Algumas outras postagens que podem ser muito úteis para você!

Passe livre Ônibus

Para poder usar o passe livre alguns você deve estar atendo a alguns requisitos gerais:

  • Possuir o Bilhete Único Estudantil emitido a partir de 2014;
  • Possuir matrícula ativa no sistema da SPTrans;
  • Morar distante mais de 1 quilômetro da instituição de ensino;
  • Haver ligação de transporte coletivo urbano (Ônibus, Metrô, CPTM). No percurso entre a residência e a instituição de ensino do aluno;
  • Não ser beneficiário de gratuidade no sistema de transporte coletivo em outras categorias. (Por exemplo, deficiente, idoso, TEG, Vai-e-Volta entre outros). 

Para ter direito ao benefício para o Sistema Ônibus é ainda necessário estar matriculado em um curso localizado dentro dos limites do município de São Paulo

Passe Livre CPTM

No caso do Sistema sobre Trilho (Metrô/CPTM) é necessário ainda estar matriculado em curso localizado na região Metropolitana de São Paulo ou em municípios atendidos pela CPTM.

Tire absolutamente todas as suas dúvidas lendo o artigo: Passe Livre – tenha o seu benefício!  E se você ainda não possui seu bilhete faça agora mesmo o seu em: Bilhete Único Estudante Online

 

O passe livre é um benefício muito importante para os estudantes atendidos pela SPTrans. Ele permite que o aluno tenha condições de frequentar a escola e suas atividades diariamente. Saiba mais sobre o passe livre e quais os requisitos para ter a gratuidade!

Passe Livre SPTrans

A primeira condição para ter o passe livre estudantil SPTrans é o aluno estudar em alguma instituição de ensino da rede pública municipal, estadual ou federal. 

E sendo eles dos níveis educacionais: ensino fundamental, ensino médio, ensino técnico e profissionalizante.

 Sendo assim, estes alunos têm o direito automático ao passe livre assim que a instituição de ensino a que ele pertence, manda o dados dele para que o bilhete único possa ser emitido. Esse passo é importante pois além de o estudante comprar sua matrícula na instituição, a própria instituição deve enviar à empresa de transportes um arquivo com dados do aluno, como endereço, matrícula e documentos para atestar com certeza que esse indivíduo é estudante.

Passe Escolar

Antes de mais nada os alunos que forem elegíveis para a gratuidade do passe escolar devem adquirir o Bilhete Único Estudantil. O bilhete se constitui em um cartão recarregável com passagens eletrônicas e que devem ser usadas nas catracas de ônibus e trilhos de São Paulo e da região metropolitana. 

Mas você sabe quem pode solicitar o bilhete estudante? Todos os alunos de ensino fundamental, médio, técnico e profissionalizante, bem como superior e tecnológico tem direito ao bilhete único do estudante. Sendo assim para ter o cartão, estão elegíveis tanto alunos de ensino público quando do privado. Agora, qual benefício você receberá; se será a gratuidade ou a meia-passagem, depende de outros fatores.

Passe Livre Estudantil

A esta altura do artigo você deve estar se perguntando qual a situação dos estudantes de ensino superior (mestrado, doutorado, especialização) e tecnológicos. 

Esses alunos podem ser contemplados com a gratuidade se apresentarem um autodeclaração de “Baixa Renda”. Para tanto, o estudante deve ter e comprovar que sua família possui renda per capta inferior a 1,5 salário mínimo. Além disso, o aluno deve possuir o número do CadÚnico e, como já explicado anteriormente, ter presença no cadastro enviado pela instituição de ensino.

Se você atende aos requisitos mas ainda não se cadastrou para obter o número do CadÚnico, pode preencher sua “Declaração de Baixa Renda”. Seu benefício poderá ser liberado por prazo determinado, mas saiba que para mantê-lo é necessário obter o número do CadÚnico, caso contrário, a SPTrans suspenderá a concessão do benefício até que a situação seja regularizada. 

Bilhete Escolar 

O bilhete escolar também pode ter passe livre para estudantes que participam de algum dos Programas Governamentais, entre eles, PROUNI, FIES, Escola da Família e Cotas Sociais. Estes alunos também possuem direito automático ao passe livre, isso porque já estão inseridos em um programa de bolsa financiamento e o governo já sabe que esse estudante é elegível para o benefício da gratuidade. Além destes, estudantes do Projovem Urbano, ministrado em instituições de ensino da rede pública municipal também estão incluídos para receber o benefício. 

Passe Livre 2019 – requisitos gerais

Possuir o Bilhete Único Estudantil emitido a partir de 2014, possuir matrícula ativa no sistema da SPTrans, morar distante mais de 1 quilômetro da instituição de ensino, haver ligação de transporte coletivo urbano (Ônibus, Metrô, CPTM) no percurso entre a residência e a instituição de ensino do aluno, não ser beneficiário de gratuidade no sistema de transporte coletivo em outras categorias (por exemplo, deficiente, idoso, TEG, Vai-e-Volta entre outros). Para ter direito ao benefício para o Sistema Ônibus é ainda necessário estar matriculado em um curso localizado dentro dos limites do município de São Paulo

Passe Livre CPTM

No caso do Sistema sobre Trilho (Metrô/CPTM) é necessário ainda estar matriculado em curso localizado na região Metropolitana de São Paulo ou em municípios atendidos pela CPTM.

A gratuidade garante aos estudantes cotas duplas com direito a 2 viagens de 2 horas cada com até 04 embarques por viagem, e até 02 embarques/dia no sistema trilho (Metrô e CPTM), e devem ser adquiridas do primeiro até o último dia do mês a que se referem, e utilizadas até o dia cinco do mês subsequente.

Passe Livre Cadastro

O cadastro para a obtenção do passe livre deve ser feito diretamente no site da SPTrans, porém a solicitação do Bilhete Único Estudantil deve ser feito antes. Solicitando pelo site você tem mais comodidade de aguardar o seu bilhete único chegar em sua residência!

  • cadastre-se no site Bilhete Único Estudante
  • informe à sua Unidade de Ensino que deseja utilizar o Bilhete Único de Estudante no ano vigente;
  • aguarde o envio dos seus dados de matrícula à SPTrans pela Unidade de Ensino;
  • depois da Unidade de Ensino enviar seus dados você poderá efetuar o pagamento do bilhete único.
  • Após seu pagamento ser aprovado basta fazer o upload dos documentos solicitados: RG, CNH, Passaporte ou RNE e ainda 1 foto recente de rosto (pode ser uma selfie bem estilosa? Pode, desde que não tenha boné, cabelo ou óculos de sol cobrindo o rosto).
  • Agora é só aguardar o seu bilhete único chegar no conforto do seu lar!

Quem tem direito a passe livre em ônibus

Além dos estudantes, também tem direito ao passe livre nos ônibus idosos com 60 anos ou mais. Para isso podem ou solicitar um Bilhete Único Especial Idoso – enviando cópia do RG ou CNH, CPF, comprovante de residência atual, foto 3X4 recente e algum número de telefone para contato. Ou ele pode simplesmente apresentar um documento com foto quando for desembarcar – porém nesse caso, o idoso não poderá passar pela catraca. Também podem ter passe livre crianças, gestantes e pessoas com deficiência. Saiba mais sobre o documento exigido para cada beneficiado e quem mais tem direito ao passe livre!

Passe Livre Formulário e cotas

O formulário para solicitar o passe livre deve ser preenchido diretamente no site da SPTrans

A quantidade mensal de cotas a que você tem direito é calculada baseada na estrutura do seu curso. Dessa forma, estudantes matriculados em cursos que possuem estrutura diferente daquela adotada pelos cursos regulares (anual ou semestral), como é o caso de alguns cursos técnicos e profissionalizantes; cursos realizados à distância, aqueles com freqüência flexível, cursos de pós-graduação, mestrado, doutorado, entre outros, podem ter a cota fracionada em virtude dessa estrutura, ou por diversos outros fatores.

Como carregar cotas do Passe Livre

A gratuidade constitui-se em cotas de créditos para viagens da sua residência até a sua instituição de ensino e vice e versa. Assim, você recebe a quantidade de créditos de viagens a que tem direito, para usar nos ônibus e nos trilhos.

Para carregar as cotas de gratuidade você deve inserir o cartão escolar duas vezes no equipamento de recarga (aquele usado para recarga de vale-transporte), uma para carregar as cotas de gratuidade ônibus e outra para carregar as cotas de gratuidade trilho.

Os equipamentos de recarga estão disponíveis em estações do Metrô, nos Postos de Venda e Atendimento e Terminais de ônibus da SPTrans, pontos da Rede Complementar composta por padarias, bares, farmácias e diversos estabelecimentos comerciais distribuídos pela Cidade. 

Passe Livre e Vale Transporte

O bilhete estudante pode ser carregados com cotas de ½ passagem ou de gratuidade, Vale Transporte, cotas de tempo do tipo Comum (mensal e diária), e os créditos eletrônicos em dinheiro dos tipos Comum, Estudante.

Entretanto na hora de utilizar esses créditos na catraca há uma ordem pré-estabelecida para efetuar os descontos na catraca. Dessa forma você deve estar atento à ordem em que ocorrem os descontos:

1º Vale Transporte  2º Estudante (1/2 passagem ou gratuidade); 3º Comum (Tempo/Dinheiro) 

No caso de não constar saldo em nenhuma das carteiras (VT, Estudante ou Comum) o usuário deve pagar a tarifa integral em dinheiro para o cobrador e não poderá usufruir de nenhum benefício concedido pelo uso do Bilhete Único.

Saiba mais sobre a consulta do seu passe livre! E também o acompanhamento do seu passe livre! | 2º via do seu Passe Livre – orientações e dúvidas respondidas!

No caso do estudante ser beneficiário do Vale Transporte e também da Gratuidade (Passe Livre) pode solicitar o complemento da cota de gratuidade. Para tanto, caso seja esse o seu caso você deve enviar um email com as informações abaixo para bilheteunico@sptrans.com.br. 

  • Dados do Estudante: Nome completo, RG (com dígito e estado emissor), CPF e Data de Nascimento; 
  • Endereço residencial com CEP; 
  • Nome e endereço da escola; 
  • CNPJ e endereço completo da empresa onde você trabalha; 
  •  Trajeto detalhado (percurso de ida e volta entre a residência, instituição de ensino, e ao local de trabalho, constando linhas de Ônibus/Metrô/CPTM utilizadas). 

Caso seja constatada a necessidade, a SPTrans irá alterar a distribuição do seu Passe Livre por dias. Assim, sua cota a ser usada nos trilhos, será alterada de 24 dias x 2 viagens (ida e volta) para 12 dias x 4 viagens (2 idas e 2 voltas) para uso na 2ª quinzena do mês, após acabar os créditos de Vale Transporte.

Tire absolutamente todas as suas dúvidas lendo o artigo: Passe Livre – tenha o seu benefício!

Para ter o benefício no Passe Livre da SPTrans, o estudante deve primeiro adquirir o seu Bilhete Único Estudante. Este se constitui em um cartão eletrônico e recarregável para ser usado nas catracas de ônibus e trilhos. 

O primeiro passo para conseguir o passe livre é ter um bilhete único estudantil. Você pode solicitar o seu através do site oficial Bilhete Único desde que esteja enquadrado para receber o benefício. 

Em outras palavras, pode solicitar o bilhete único alunos do ensino fundamental, médio, técnico e profissionalizante, ensino superior e tecnológico. Sendo estes da rede pública municipal, estadual, federal ou na rede privada de ensino. Note que nesse primeiro momento você tem direito a apenas a meia-passagem, que é direcionada a todos os estudantes. Para ter a gratuidade no transporte você deve atender a outros requisitos e condições:

Como sei se tenho direito ao Passe Livre?

Para ter direito ao passe livre estudantil, o aluno deve se encaixar em alguma das categorias: alunos de instituição da rede pública municipal, estadual e federal. Sendo eles nos níveis educacionais: ensino fundamental, médio, técnico e profissionalizante. Estes alunos têm o direito automático ao passe livre assim que a instituição de ensino a que pertencem enviar os dados do aluno para a emissão do bilhete único.

Você deve estar se perguntando como ficam os estudantes de ensino superior e tecnológicos. Eles são contemplados pelo benefício mediante uma autodeclaração de “Baixa Renda”, possuindo dessa forma, renda per capta inferior a 1,5 salário mínimo. Também devem possuir o número do CadÚnico e presença no cadastro enviado pela instituição de ensino.

Estudantes que participam dos Programas Governamentais PROUNI, FIES, Escola da Família e Cotas Sociais possuem direito automático ao passe livre pois estão inseridos em um programa de bolsa financiamento. Estudantes do Projovem Urbano, ministrado em instituições de ensino da rede pública municipal também estão incluídos para receber o benefício. 

Alguns artigos que você pode gostar:

Conheça o site da SPTrans sptrans com br

Vale Transporte: estudantes podem pedir alteração nas cotas

SP Trans Aluno – solicite o seu benefício

SP Trans Estudante Login

SP Trans 

A SP Trans é a empresa de transporte que atende São Paulo. O transporte é um serviço público essencial para o funcionamento da metrópole. O Transporte Coletivo Público de passageiros consiste numa competência do município e está disposto na Constituição Federal (artigo 30, inciso V). Também consta na Lei Orgânica do Município de São Paulo (artigo 172).

Ainda sobre a legislação que formaliza os serviços da SPTrans está a Lei nº 13.241 que considera que o poder público está representado pela Prefeitura do Município de São Paulo, através da Secretaria Municipal de Transportes. Assim, a São Paulo Transporte S/A (SPTrans) se constitui como uma empresa de economia mista cujo acionista majoritário é a Prefeitura de São Paulo.

Para mais informações leia a matéria SP Trans e tire todas as suas dúvidas

Solicitar o bilhete de estudante da SPTrans ficou muito fácil basta acessar o site para a compra estudantil, efetuar o pagamento e, após aprovado, fazer login novamente e seguir com a solicitação.  Abaixo fizemos um passo a passo para deixar mais claro:

  • Antes de tudo entre em contato com sua instituição de ensino e informe que você quer usar os seus benefícios de estudante através do Bilhete Único Estudante da SPTrans 
  • A instituição irá enviar os seus dados para a SPTrans (dados como; nome completo, endereço de residência, telefone, curso, entre outros)
  • Você pode ir conferindo com a sua instituição se os dados já foram enviados. Muito provavelmente essa informação poderá ser conferida junto a secretaria ou no portal online da sua instituição.
  • Após seus dados estarem com a SPTrans, acesse sptrans.documentodoestudante.com.br
  • No site clique em ‘Solicite Agora’
  • Caso seja sua primeira vez emitindo o Bilhete Único Estudante pelo site do DNE clique em “Cadastrar”
  • Ou em “Já sou cadastrado” caso você já tenha feito o cadastro e esteja querendo acompanhar o andamento da sua solicitação.
  • Ai é só preencher com seus dados o formulário de cadastro; ou seja, informar: nome, e-mail, celular, CPF e RG.
  • Já com essas informações o site vai verificar se a sua instituição de ensino já enviou os dados para a SPTrans.
  • Em caso de sucesso  suas informações aparecerão na tela para você conferir se estão corretas e prosseguir – se tiver alguma coisa errada você pode alterar nesse momento.
  • Tudo certo? Então escolha a forma de pagamento do seu bilhete único. Se você escolher pagar por cartão de crédito a aprovação do pagamento será imediata. Já se você preferir pagar por boleto ele pode demorar até 5 dias úteis para ser compensado;
  • Após isso informe o endereço onde você quer receber o seu bilhete
  • Depois faça o carregamento de uma foto – de frente em um fundo branco – pode ser uma selfie bem estilosa? Pode, desde que não tenha boné, cabelo ou óculos de sol cobrindo o rosto.
  • Também faça o carregamento de uma foto do seu documento de identificação – caso seja RG precisaremos de uma foto da frente e do verso; já se você usar passaporte ou CNH basta enviar foto da frente.
  • O próximo passo é de verificação da sua conta. Iremos te enviar por SMS ou por e-mail – você que escolhe! Seja por e-mail e seja por SMS te enviaremos um código de  4 dígitos para que você digite no site.
  • Agora é só aguardar a confirmação dos seus dados. Qualquer alteração você receberá um e-mail informando sobre cada etapa da sua solicitação.
  • Caso tenha algum erro em seus dados aparecerá “Conferência Reprovada” e mais informações sobre o erro para que você possa corrigir.
  • Nenhum erro identificado? Então aparecerá “Em Produção”, em seguida, “Em Transporte” onde você poderá acompanhar o rastreio da transportadora. Por fim aparecerá “Entregue”
  • Quando você receber em casa ainda precisará desbloquear o seu Bilhete Único Estudante. Mas é muito fácil, acesse sua conta no site e clique em “Desbloquear Documento”.
  • Para desbloquear basta informar o código de uso presente no seu documento – aquele código que fica em baixo no cartão e ao lado do QR code.
  • Atenção: ao desbloquear o seu Bilhete Único do Estudante, todos os seus bilhetes anteriores serão cancelados e qualquer saldo que havia em outro cartão será automaticamente transferido para o novo bilhete em até 24h. Após isso basta encostar seu bilhete em um terminal de recarga para restituição do seu saldo.

SPTrans bilhete estudante

Não sabe se tem direito ao bilhete único estudantil? Então vamos lá! Se você reside na cidade de São Paulo ou na região metropolitana já é um bom começo. Isso porque você deve ser dessas localizações para poder solicitar o benefício. 

Você também deve estar regularmente matriculado em um desses níveis de ensino: ensino fundamental, ensino médio, ensino técnico e profissionalizante, ensino superior e tecnológico. 

Sendo eles da rede pública municipal, estadual e federal ou na rede privada de ensino. Dessa forma, o benefício da meia tarifa é destinada a todos os estudantes sejam eles da rede pública ou privada.

Alguns artigos que você pode gostar:
Conheça o site da SPTrans sptrans com br
Vale Transporte: estudantes podem pedir alteração nas cotas
SP Trans Aluno – solicite o seu benefício

Como é calculada a quantidade de modais de transporte que tenho direito?

As informações enviadas pelas instituições de ensino à SPTrans são processadas por meio do Sistema de Georreferenciamento Eletrônico (GIS), que identifica a distância e quantidade de modais (meio de transporte, ou seja, Trilho/Ônibus) necessária para a realização dos deslocamentos. 

Para mais informações leia a matéria SP Trans e tire todas as suas dúvidas

Para ter benefícios estudantis da SP Trans o aluno deve estar regularmente matriculado em uma instituição de ensino seja pública ou privada. 

O Bilhete Único da SPTrans foi feito pensando no aluno e tem dois tipos. O bilhete único Meia-Tarifa, é destinado a todos os estudantes, de instituições particulares ou instituições públicas, desde que reconhecidos e fiscalizados pelas autoridades competentes. 

A Meia-Tarifa consiste assim em créditos eletrônicos adquiridos pelo estudante com 50% de desconto sobre a tarifa básica (R$ 4,30) ficando portanto com um preço de (R$ 2,15).

Já o Bilhete Único de Estudante com Gratuidade, também conhecido como Passe Livre, possui desconto de 100% sobre a tarifa básica atual. Para ser contemplado por esse benefício o estudante deve atender a alguns pré-requisitos. 

Se você é estudante e ainda não tem seu cadastro, deve solicitar o cadastro através do site Bilhete Único Estudante, preencher com os dados solicitados e fazer o upload dos documentos seguintes:

  • comprovante de matrícula
  • foto (pode ser uma selfie bem estilosa, só precisamos que não tenha acessórios cobrindo o rosto, como óculos de sol por exemplo).
  • documento pessoal como RG, CNH, RNE ou passaporte

Em ambos os casos o cartão é o mesmo, ou seja, o bilhete único estudante tem o formato do Documento do Estudante. Esse documento, além de funcionar como bilhete de passagem, também é válido no país todo para a compra da meia-entrada estudantil. Ele garante que o estudante pagará meia em todos os eventos artísticos, culturais e de esporte.

Leia mais matérias sobre esse assunto:
Conheça o site da SPTrans sptrans com br
Vale Transporte: estudantes podem pedir alteração nas cotas
SP Trans Estudante Login

SP Trans

A SPTrans atende São Paulo e a região metropolitana. O Transporte Coletivo Público de passageiros consiste numa competência do município e está disposto na Constituição Federal (artigo 30, inciso V). Também consta na Lei Orgânica do Município de São Paulo (artigo 172).

Ainda sobre a legislação que formaliza os serviços da SPTrans está a Lei nº 13.241 que considera que o poder público está representado pela Prefeitura do Município de São Paulo, através da Secretaria Municipal de Transportes. Assim, a São Paulo Transporte S/A (SPTrans) se constitui como uma empresa de economia mista cujo acionista majoritário é a Prefeitura de São Paulo.

Para mais informações leia a matéria SP Trans e tire todas as suas dúvidas. Se quiser garantir seu bilhete acesse Bilhete Único Estudante.

O estudante que for beneficiado por Passe Livre e Vale Transporte pode pedir uma alteração nas cotas da gratuidade. 

Semelhantemente, o bilhete único é multifuncional e possui vários benefícios em um só cartão, visando com isso, facilitar a vida do estudante.

Além de servir para o transporte público de São Paulo e de sua região metropolitana, também é o Documento Nacional do Estudante. Esse documento assegura que o estudante tem direito à meia-entrada em todo o território nacional para eventos artísticos-culturais e de esporte.

Neste bilhete podem ser carregadas as cotas de ½ passagem ou de gratuidade, Vale Transporte, cotas de tempo do tipo Comum (mensal e diária), e os créditos eletrônicos em dinheiro dos tipos Comum, Estudante.

A ordem automática em que os descontos são feitos na hora de sua utilização é:

1º Vale Transporte  2º Estudante (1/2 passagem ou gratuidade); 3º Comum (Tempo/Dinheiro) 

No caso de não constar saldo em nenhuma das carteiras (VT, Estudante ou Comum) o usuário deve pagar a tarifa integral em dinheiro para o cobrador e não poderá usufruir de nenhum benefício concedido pelo uso do Bilhete Único, ou seja, não poderá pagar meia-passagem.

O estudante deve solicitar o complemento da cota de gratuidade. Para tanto, envie um email com as informações abaixo para bilheteunico@sptrans.com.br. 

  • Dados do Estudante: Nome completo, RG (com dígito e estado emissor), CPF e Data de Nascimento; 
  • Endereço residencial com CEP; 
  • Nome e endereço da escola; 
  • CNPJ e endereço completo da empresa onde você trabalha; 
  •  Trajeto detalhado (percurso de ida e volta entre a residência, instituição de ensino, e ao local de trabalho, constando linhas de Ônibus/Metrô/CPTM utilizadas). 

Caso seja constatada a necessidade, a SPTrans irá alterar a distribuição do seu Passe Livre por dias. Assim, sua cota a ser usada nos trilhos, será alterada de 24 dias x 2 viagens (ida e volta) para 12 dias x 4 viagens (2 idas e 2 voltas) para uso na 2ª quinzena do mês, após acabar os créditos de Vale Transporte.

Alguns artigos que você pode gostar:
Conheça o site da SPTrans sptrans com br
SP Trans Aluno – solicite o seu benefício
SP Trans Estudante Login

SPTrans bilhete estudante

O preço do Bilhete Único Estudante junto ao Documento Nacional do Estudante é cobrado para emissão de 1º e 2º via (em caso de roubo, perda ou dano) da carteira e também pela Revalidação. 

O Bilhete Único Estudante – SPTrans é indicado para alunos de escola particular e pública. Desde que matriculado em uma das modalidades de ensino: ensino fundamental, ensino médio, ensino técnico e profissionalizante, ensino superior e tecnológico. E com cursos devidamente autorizados e oficialmente reconhecidos. 

SP Trans – a empresa

A SPTrans é a empresa contratada pelo poder público para cuidar do transporte público da cidade, ou seja, elaborar estudos para a realização do planejamento do Sistema. E também executar a fiscalização da prestação de serviços e por fim, gerenciar o Sistema de acordo com as diretrizes e políticas estabelecidas.

Dessa forma, a SPTrans é contratada pelo poder público para: elaborar estudos para a realização do planejamento do Sistema; executar a fiscalização da prestação de serviços e por fim, gerenciar o Sistema de acordo com as diretrizes e políticas estabelecidas. 

Para mais informações leia a matéria SP Trans e tire todas as suas dúvidas

X