Bilhete Único Estudante 2

Passe Livre – tenha o seu benefício!

Google+ Pinterest LinkedIn Tumblr

O passe livre é um benefício muito importante para os estudantes atendidos pela SPTrans. Ele permite que o aluno tenha condições de frequentar a escola e suas atividades diariamente. Saiba mais sobre o passe livre e quais os requisitos para ter a gratuidade!

Passe Livre SPTrans

A primeira condição para ter o passe livre estudantil SPTrans é o aluno estudar em alguma instituição de ensino da rede pública municipal, estadual ou federal. 

E sendo eles dos níveis educacionais: ensino fundamental, ensino médio, ensino técnico e profissionalizante.

 Sendo assim, estes alunos têm o direito automático ao passe livre assim que a instituição de ensino a que ele pertence, manda o dados dele para que o bilhete único possa ser emitido. Esse passo é importante pois além de o estudante comprar sua matrícula na instituição, a própria instituição deve enviar à empresa de transportes um arquivo com dados do aluno, como endereço, matrícula e documentos para atestar com certeza que esse indivíduo é estudante.

Passe Escolar

Antes de mais nada os alunos que forem elegíveis para a gratuidade do passe escolar devem adquirir o Bilhete Único Estudantil. O bilhete se constitui em um cartão recarregável com passagens eletrônicas e que devem ser usadas nas catracas de ônibus e trilhos de São Paulo e da região metropolitana. 

Mas você sabe quem pode solicitar o bilhete estudante? Todos os alunos de ensino fundamental, médio, técnico e profissionalizante, bem como superior e tecnológico tem direito ao bilhete único do estudante. Sendo assim para ter o cartão, estão elegíveis tanto alunos de ensino público quando do privado. Agora, qual benefício você receberá; se será a gratuidade ou a meia-passagem, depende de outros fatores.

Passe Livre Estudantil

A esta altura do artigo você deve estar se perguntando qual a situação dos estudantes de ensino superior (mestrado, doutorado, especialização) e tecnológicos. 

Esses alunos podem ser contemplados com a gratuidade se apresentarem um autodeclaração de “Baixa Renda”. Para tanto, o estudante deve ter e comprovar que sua família possui renda per capta inferior a 1,5 salário mínimo. Além disso, o aluno deve possuir o número do CadÚnico e, como já explicado anteriormente, ter presença no cadastro enviado pela instituição de ensino.

Se você atende aos requisitos mas ainda não se cadastrou para obter o número do CadÚnico, pode preencher sua “Declaração de Baixa Renda”. Seu benefício poderá ser liberado por prazo determinado, mas saiba que para mantê-lo é necessário obter o número do CadÚnico, caso contrário, a SPTrans suspenderá a concessão do benefício até que a situação seja regularizada. 

Bilhete Escolar 

O bilhete escolar também pode ter passe livre para estudantes que participam de algum dos Programas Governamentais, entre eles, PROUNI, FIES, Escola da Família e Cotas Sociais. Estes alunos também possuem direito automático ao passe livre, isso porque já estão inseridos em um programa de bolsa financiamento e o governo já sabe que esse estudante é elegível para o benefício da gratuidade. Além destes, estudantes do Projovem Urbano, ministrado em instituições de ensino da rede pública municipal também estão incluídos para receber o benefício. 

Passe Livre 2019 – requisitos gerais

Possuir o Bilhete Único Estudantil emitido a partir de 2014, possuir matrícula ativa no sistema da SPTrans, morar distante mais de 1 quilômetro da instituição de ensino, haver ligação de transporte coletivo urbano (Ônibus, Metrô, CPTM) no percurso entre a residência e a instituição de ensino do aluno, não ser beneficiário de gratuidade no sistema de transporte coletivo em outras categorias (por exemplo, deficiente, idoso, TEG, Vai-e-Volta entre outros). Para ter direito ao benefício para o Sistema Ônibus é ainda necessário estar matriculado em um curso localizado dentro dos limites do município de São Paulo

Passe Livre CPTM

No caso do Sistema sobre Trilho (Metrô/CPTM) é necessário ainda estar matriculado em curso localizado na região Metropolitana de São Paulo ou em municípios atendidos pela CPTM.

A gratuidade garante aos estudantes cotas duplas com direito a 2 viagens de 2 horas cada com até 04 embarques por viagem, e até 02 embarques/dia no sistema trilho (Metrô e CPTM), e devem ser adquiridas do primeiro até o último dia do mês a que se referem, e utilizadas até o dia cinco do mês subsequente.

Passe Livre Cadastro

O cadastro para a obtenção do passe livre deve ser feito diretamente no site da SPTrans, porém a solicitação do Bilhete Único Estudantil deve ser feito antes. Solicitando pelo site você tem mais comodidade de aguardar o seu bilhete único chegar em sua residência!

  • cadastre-se no site Bilhete Único Estudante
  • informe à sua Unidade de Ensino que deseja utilizar o Bilhete Único de Estudante no ano vigente;
  • aguarde o envio dos seus dados de matrícula à SPTrans pela Unidade de Ensino;
  • depois da Unidade de Ensino enviar seus dados você poderá efetuar o pagamento do bilhete único.
  • Após seu pagamento ser aprovado basta fazer o upload dos documentos solicitados: RG, CNH, Passaporte ou RNE e ainda 1 foto recente de rosto (pode ser uma selfie bem estilosa? Pode, desde que não tenha boné, cabelo ou óculos de sol cobrindo o rosto).
  • Agora é só aguardar o seu bilhete único chegar no conforto do seu lar!

Quem tem direito a passe livre em ônibus

Além dos estudantes, também tem direito ao passe livre nos ônibus idosos com 60 anos ou mais. Para isso podem ou solicitar um Bilhete Único Especial Idoso – enviando cópia do RG ou CNH, CPF, comprovante de residência atual, foto 3X4 recente e algum número de telefone para contato. Ou ele pode simplesmente apresentar um documento com foto quando for desembarcar – porém nesse caso, o idoso não poderá passar pela catraca. Também podem ter passe livre crianças, gestantes e pessoas com deficiência. Saiba mais sobre o documento exigido para cada beneficiado e quem mais tem direito ao passe livre!

Passe Livre Formulário e cotas

O formulário para solicitar o passe livre deve ser preenchido diretamente no site da SPTrans

A quantidade mensal de cotas a que você tem direito é calculada baseada na estrutura do seu curso. Dessa forma, estudantes matriculados em cursos que possuem estrutura diferente daquela adotada pelos cursos regulares (anual ou semestral), como é o caso de alguns cursos técnicos e profissionalizantes; cursos realizados à distância, aqueles com freqüência flexível, cursos de pós-graduação, mestrado, doutorado, entre outros, podem ter a cota fracionada em virtude dessa estrutura, ou por diversos outros fatores.

Como carregar cotas do Passe Livre

A gratuidade constitui-se em cotas de créditos para viagens da sua residência até a sua instituição de ensino e vice e versa. Assim, você recebe a quantidade de créditos de viagens a que tem direito, para usar nos ônibus e nos trilhos.

Para carregar as cotas de gratuidade você deve inserir o cartão escolar duas vezes no equipamento de recarga (aquele usado para recarga de vale-transporte), uma para carregar as cotas de gratuidade ônibus e outra para carregar as cotas de gratuidade trilho.

Os equipamentos de recarga estão disponíveis em estações do Metrô, nos Postos de Venda e Atendimento e Terminais de ônibus da SPTrans, pontos da Rede Complementar composta por padarias, bares, farmácias e diversos estabelecimentos comerciais distribuídos pela Cidade. 

Passe Livre e Vale Transporte

O bilhete estudante pode ser carregados com cotas de ½ passagem ou de gratuidade, Vale Transporte, cotas de tempo do tipo Comum (mensal e diária), e os créditos eletrônicos em dinheiro dos tipos Comum, Estudante.

Entretanto na hora de utilizar esses créditos na catraca há uma ordem pré-estabelecida para efetuar os descontos na catraca. Dessa forma você deve estar atento à ordem em que ocorrem os descontos:

1º Vale Transporte  2º Estudante (1/2 passagem ou gratuidade); 3º Comum (Tempo/Dinheiro) 

No caso de não constar saldo em nenhuma das carteiras (VT, Estudante ou Comum) o usuário deve pagar a tarifa integral em dinheiro para o cobrador e não poderá usufruir de nenhum benefício concedido pelo uso do Bilhete Único.

Saiba mais sobre a consulta do seu passe livre! E também o acompanhamento do seu passe livre! | 2º via do seu Passe Livre – orientações e dúvidas respondidas!

No caso do estudante ser beneficiário do Vale Transporte e também da Gratuidade (Passe Livre) pode solicitar o complemento da cota de gratuidade. Para tanto, caso seja esse o seu caso você deve enviar um email com as informações abaixo para [email protected] 

  • Dados do Estudante: Nome completo, RG (com dígito e estado emissor), CPF e Data de Nascimento; 
  • Endereço residencial com CEP; 
  • Nome e endereço da escola; 
  • CNPJ e endereço completo da empresa onde você trabalha; 
  •  Trajeto detalhado (percurso de ida e volta entre a residência, instituição de ensino, e ao local de trabalho, constando linhas de Ônibus/Metrô/CPTM utilizadas). 

Caso seja constatada a necessidade, a SPTrans irá alterar a distribuição do seu Passe Livre por dias. Assim, sua cota a ser usada nos trilhos, será alterada de 24 dias x 2 viagens (ida e volta) para 12 dias x 4 viagens (2 idas e 2 voltas) para uso na 2ª quinzena do mês, após acabar os créditos de Vale Transporte.

Tire absolutamente todas as suas dúvidas lendo o artigo: Passe Livre – tenha o seu benefício!

Write A Comment